O que nunca dizer pra quem trabalha em casa?

by - dezembro 02, 2015



Eu poderia ficar floreando horas e horas pra dizer o nunca deve ser dito pra quem trabalha em casa, mas não irei florear, pq é algo simples, quer saber o que é?
Eu digo: nunca diga que é fácil!

Nunca, em hipótese nenhuma, em circunstância alguma  diga isso, nem de brincadeirinha, nem de brincadeirona, nem de modo sério, ou fazendo piadinha velada.

Pode ser homem ou mulher, amigo super íntimo ou um conhecido, um parente distante, uma tia chegada, pai, mãe, sobrinho, marido, esposa... você pode estar na fila do banco, nos Correios, na lotérica indo jogar na Mega Sena, no elevador tentando puxar assunto... mas quando a pessoa mencionar que trabalha em casa ou faz home office, nunca diga que é um trabalho mais fácil por ser feito em casa, pq simplesmente não é.

Eu fui enfática na situações e na intimidade que você pode ter, pq infelizmente algumas vezes essa frase vem daquelas pessoas que mesmo conhecendo a rotina de quem trabalha em casa insiste em dizer isso, muitas vezes como modo de quebrar o gelo, ou mesmo com pontinha de ciúmes, mas dizem.

Trabalhar em casa é um privilégio, é uma delícia, dá muito mais flexibilidade de horário, mas isso não quer dizer que torna as coisas mais fáceis.

Digo isso pq na minha realidade e ao meu redor, 99% das pessoas que fazem home office são mulheres empreendedoras, mulheres que deixaram de lado o trabalho formal de carteira assinada e cartão de ponto, pra se dedicarem ao seu sonho e sua família.

Muitas vezes há todo um suporte por trás da escolha da mulher em trabalhar em casa,  o marido segura as pontas e o baque financeiro é mínimo, ou pq a mulher já não trabalhava fora antes e não compunha renda, ou pq o marido ganha bem e o salário da mulher acabava não fazendo tanta diferença no final do mês.

Mas pra quem não vive essa realidade  florida, e não pode contar com empregada ou mesmo diarista vez ou outra, sobra pra quem? Pra mulher que decidiu trabalhar em casa.

Se ela trabalhava fora antes, provavelmente chegava em casa e fazia algumas coisas referentes ao trabalho doméstico (isso se tinha empregada), ou como na maioria dos casos, fazia uma terceira jornada. Se não trabalhava fora, a rotina doméstica já é parte do planejamento, mas some isso a mais responsabilidades com a demanda de encomendas que vão surgindo conforme os produtos que essa mulher produz vão ganhando mais visibilidade.

A rotina deixa de ser "apenas" cuidar das crianças e da casa, o que na verdade já é muita coisa, o suficiente pra endoidar qualquer mortal e passa a incluir idas aos Correios, ao deslocamento em busca de insumos para produzir, tempo hábil pra confeccionar o produto...

Parece fácil? É, parece, mas não é.

Não é, pelo simples fato de que muitas vezes essa mulher tem que se deslocar de ônibus em busca do material ou para ir despachar a encomenda.

Não é, pelo simples fato de que ela certamente irá parar o que está fazendo, no mínimo 20 vezes, para atender o chamado do filho que quer mamadeira, ou está com fome e quer lanchar, ou que de repente está em silêncio, que jogou papel higiênico no vaso, que está puxando o rabo do cachorro, que está comendo a ração da tigela, que está subindo uma escada imprópria, que subiu na estante, que está mexendo no material, que derrubou um copo de vidro na cozinha,  ou que é bebezico e está com cólicas.

Não é, pq o serviço doméstico é atrelado à rotina de trabalho, agora ela está costurando, criando, 10 minutos depois está picando cebola para preparar o jantar ou almoço, pq ela pode varar a noite trabalhando, mas as refeições da família tem horário pra sair.

Não é, nem sempre tudo dá certo, e o serviço deve ser refeito, e não tem pra quem pedir ajuda, ou terceirizar o trabalho, depende única e exclusivamente de você.

Não é, pq tem dia que tudo se acumula e você não faz ideia de por onde começar, o filho está doente, a pia está gritando, o tanque está cheio, as camas precisam ser arrumadas, o fogão te esperando com as panelas, e por mais organizada que a pessoa seja não dá, a coisa não flui.

Sabe, eu poderia passar horas citando, tantas situações que tiram o glamour do home office que seria desonesto com quem quer começar, pq apesar de tudo isso ele tem suas vantagens sim, mas não é por ser vantajoso que é mais fácil, muito pelo contrário como ilustrei acima.

Se a pessoa diz que trabalha em casa e a primeira coisa que te vem em mente pra dizer é essa, posso dar uma dica? Respire fundo, conte até cinco e diga o que vier em mente nos próximos cinco segundos, pq trabalhar em casa é tudo, menos fácil!

:)


Você também poderá gostar

0 comentários